♥ Seguidores♥

Mostrando postagens com marcador #SãoPaulo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #SãoPaulo. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 16 de maio de 2017

APCA - 60ª Festa De Premiação Aos Melhores Das Artes Com Foco Na Diversidade.

APCA - 60ª Festa De Premiação Aos Melhores Das Artes
Com Foco Na Diversidade
A Associação Paulista de Críticos de Artes - APCA realizou seu tradicional evento de premiação dos melhores nas Artes de 2016, em 12 categorias: Arquitetura, Artes Visuais, Cinema, Dança, Literatura, Moda, Música Erudita, Música Popular, Rádio, Teatro, Teatro Infantil e Televisão. 
A cerimônia aconteceu no Theatro Municipal de São Paulo, com apresentações da cantora Céu e do grupo As Bahias e a Cozinha Mineira. 
Doze casais - formados por personalidades do mundo do espetáculo e das artes em geral, com perfis variados e que representa a riqueza étnica e cultural como Juçara Marçal e Thiago Mendonça, além do ator argentino Juan Manuel Tellategui - performaram a entrega dos prêmios. Como mestres de cerimônia, o crítico de teatro e vice-presidente da APCA Miguel Arcanjo Prado e a crítica de televisão Edianez Parente.
Um dos destaques da cerimônia foi o lançamento do livro que comemora os 60 anos da APCA, ilustrado com textos de importantes críticos de cada área, histórico da instituição e mapeamento de todos os premiados desde 1956. 


Ao longo desses 60 anos, graças ao olhar apurado de seus membros, a APCA já revelou dezenas de artistas que contribuíram significativamente para a cultura brasileira, como os teatrólogos Augusto Boal e José Celso Martinez Corrêa, os atores Mateus Nachtergaele e Cleyde Yáconis, o maestro João Carlos Martins, e os músicos Chico Sciense e Maria Rita. Ícones já consagrados da cultura brasileira também foram homenageados: o poeta Carlos Drummond de Andrade, por exemplo, venceu na categoria Poesia do Prêmio em 1973, com a obra As Impurezas do Branco. Já a cantora Elis Regina acumulou sete troféus. 


Os premiados da 60ª edição foram escolhidos em assembleia dos críticos realizada no início de dezembro de 2016, no Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo. Mais abaixo, segue a lista completa dos vencedores.


PREMIADOS 2016

ARQUITETURA
Trajetória - Sergio Ferro
Urbanidade - Projeto Ruas Abertas – Avenida Paulista / Fernando Haddad
Obra de arquitetura - Escola Senai São Caetano do Sul / Claudia Nucci e Valério Pietraróia – NPC Grupo Arquitetura
Preservação de patrimônio moderno - Luciana Brito Galeria – antiga Residência Castor Delgado Perez / Luciana Brito (promotora); João Paulo Beugger, José Armênio de Brito Cruz, Marcos Aldrighi e Renata Semin – Piratininga Arquitetos (readequação arquitetônica); Klara Kaiser,Koiti Mori e André Paoliello (readequação paisagística)
Pesquisa - Atlas fotográfico da cidade de São Paulo e arredores / Tuca Vieira
Fronteiras da arquitetura - Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro / Fernando Meirelles, Daniela Thomas e Andrucha Waddington
Apropriação urbana - Ocupação Hotel Cambridge / Carmen Ferreira da Silva (líder comunitária); Pitchou Luambo (coordenador do Grupo de Refugiados e Imigrantes Sem Teto); Juliana Caffé, Yudi Rafael e Alex Flynn (curadores da Residência Artística Cambridge)
Votaram - Abilio Guerra, Fernando Serapião, Francesco Perrotta-Bosch, Gabriel Kogan, Guilherme Wisnik, Hugo Segawa, Luiz Recaman, Maria Isabel Villac, Mônica Junqueira de Camargo e Nadia Somekh

ARTES VISUAIS
GRANDE PREMIO DA CRITICA – Fernando Lemos
Exposição internacional – O Triunfo da Cor - CCBB
Exposição nacional – VOLPI Pequenos Formatos - MAM
Retrospectiva – No Lugar Mesmo: uma antologia de Ana Maria Tavares - Pinacoteca
Fotografia – Gal Oppido – Sentidos da Pele
Arte e Reflexão – O Instante Certo – Dorrit Harazin
Iniciativa cultural – Programa Metropolis – TV Cultura
Votaram – Ricardo Nicola, Dalva de Abrantes, José Henrique Fabre Rolim, Bob Sousa, João J. Spinelli, Rubens Fernandes Junior, Silvia Balady, Luiz Ernesto Kawall, Fabio Magalhães, Douglas Negrisolli, Jocob Klintowitz, Enock Sacramento, Emilia Okubo

CINEMA
Filme: “Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho
Diretor: Gabriel Mascaro, por “Boi Neon”
Roteiro: Kleber Mendonça Filho, por “Aquarius”
Ator: Júlio Andrade, por “Sob Pressão”
Atriz: Andréia Horta, por “Elis”
Documentário: “Cinema Novo”, de Eryk Rocha
Fotografia: Diego García, por “Boi Neon”
Votaram: Inácio Araújo, Luiz Carlos Merten, Orlando Margarido, Rodrigo Baldin e Walter Cezar Addeo

LITERATURA
Grande Prêmio da Crítica: “A Ditadura Acabada -5”, de Elio Gaspari (Intrínseca)
Romance/Novela: “Como Se Estivéssemos em Palimpsesto de putas”, de Elvira Vigna (Companhia das Letras)
Ensaio/Teoria e/ou Crítica Literária/ Reportagem: “Trópicos Utópicos”, de Eduardo Giannetti da Fonseca (Companhia das Letras)
Infantil/Juvenil: “Quem tem medo de curupira?”, de Zeca Baleiro, ilustrações de Raul Aguiar (Companhia das Letras)
Poesia: “Rol”, de Armando Freitas Filho (Companhia das Letras)
Contos/Crônicas: “A(s) Mulher(es) que eu amo”, de Eros Grau (Globo Livros)
Tradução: “[um amor feliz]”, de Wislawa Szymborska, tradução de Regina Przybycien (Companhia das Letras)
Biografia/Autobiografia/Memória: “Rita Lee: Uma Biografia”, de Rita Lee (Globo Livros)
Votaram: Amilton Pinheiro, Gabriel Kwak, Sérgio Miguez e Ubiratan Brasil

MÚSICA ERUDITA
Espetáculo de ópera: DON QUICHOTTE de Massenet. (Theatro São Pedro, abril/2016, direção Jorge Takla)
Prêmio Especial pelo conjunto da obra: Maestro Roberto Duarte (pela revisão sistemática das obras de Carlos Gomes e de Tommaso Traetta)
Instrumentista: Emmanuele Baldini (Spalla da OSESP e Líder do Quarteto OSESP)
Regente de Orquestra: Valentina Pelleggi
Projeto Musical: Programa Preludio da TV Cultura
Cantor Lírico: Rodolfo Giugliani (Lo Schiavo, Theatro Municipal RJ outubro/2016; Il Tabarro, Teatro San Carlo de Nápoles, novembro/2016)
Votaram: Sergio Casoy, Fabio Siqueira, Tellé Cardim

MÚSICA POPULAR
GRANDE PREMIO DA CRITICA: Rita Lee (por sua carreira)
Artista do Ano: Céu
Melhor Álbum: “MM3”, Metá Metá
Produção e Direção Artística: Rica Amabis, Daniel “Ganjaman” Takara e Tejo Damasceno por “Sabotage”, Sabotage
Revelação: Mahmundi por “Mahmundi”
Projeto Especial: SIM São Paulo
Show: BaianaSystem
Homenagem: Fernando Faro (In Memorian)
Votaram: Alexandre Matias, Fabio Siqueira, José Norberto Flesch, Marcelo Costa, Sergio Casoy e Tellé Cardim

RÁDIO
Prêmio Especial do Juri: Bradesco Esportes FM, pela cobertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016
Humorista – Emerson França – Band Bom Dia – Band FM
Apresentador (entretenimento): Serafim Costa Almeida – Banda de Todas as Bandas – Capital AM 1040
Produtor (entretenimento): Mariana Piza – Programa Maritaca – Rádio Vozes (www.radiovozes.com/maritaca)
Produtor jornalístico: Renan Sukevicius – Em Alta Frequência – BandNews FM
Repórter: Marcel Naves – Blitz Estadão – Estadão FM
Colunista: – Claudio Zaidan – Esporte Notícia e Esporte Notícia Internacional – Bandeirantes AM/FM
Votaram: Fausto Silva Neto, Marcelo Abud, Marco Antonio Ribeiro e Silvio di Nardo.

TEATRO
Grande Prêmio da Crítica: Maria Alice Vergueiro
Espetáculo: Sobre Ratos e Homens
Diretor: João Falcão (Gabriela, um Musical) e Kiko Marques (Sínthia)
Autor/Dramaturgia: Vinicius Calderoni (Os Arqueólogos)
Ator: Leonardo Fernandes (Cachorro Enterrado Vivo)
Atriz: Denise Weinberg (O Testamento de Maria)
Prêmio Especial: Lenise Pinheiro (pelo registro histórico da cena teatral paulista)
Votaram: Aguinaldo Cristofani Ribeiro da Cunha (votou somente o Prêmio Especial e o Grande Prêmio da Crítica), Carmelinda Guimarães, Edgar Olimpio de Souza, Evaristo Martins de Azevedo, Gabriela Mellão, José Cetra Filho, Kyra Piscitelli, Marcio Aquiles (votou somente o Prêmio Especial e o Grande Prêmio da Crítica), Maria Eugênia de Menezes, Michel Fernandes, Miguel Arcanjo Prado e Vinício Angelici

TEATRO INFANTIL
Grande Prêmio da Crítica – PEER GYNT, direção de Gabriel Villela
Melhor Espetáculo de Valorização da Cultura Popular - CAMINHO DA ROÇA (Grupo As Meninas do Conto)
Melhor Espetáculo de Bonecos - BERENICES (Grupo Morpheus Teatro)
Melhor Espetáculo de Inclusão e Acessibilidade - FEIO (Coletivo Grão de Arte e Cidadania)
Melhor Espetáculo Interativo - CHIQUITA BACANA NO REINO DAS BANANAS (Grupo Folias D’Arte)
Melhor Espetáculo de Texto Adaptado – HENRIQUES (Cia Vagalum Tum Tum)
Melhor Espetáculo sobre Diversidade Sexual e de Gênero no Universo Infanto Juvenil - A PRINCESA E A COSTUREIRA (grupo Teatro da Conspiração, de Santo André)

Votaram: Beatriz Rosenberg, Dib Carneiro Neto, Gabriela Romeu e Mônica Rodrigues da Costa

TELEVISÃO
Grande Prêmio da Crítica: Domingos Montagner, pelo conjunto da obra (In Memorian)
Novela: “Velho Chico” (Benedito Ruy Barbosa/TV Globo)
Atriz: Selma Egrei (Velho Chico/TV Globo)
Ator: Marco Ricca (Liberdade, Liberdade/TV Globo)
Diretor: José Luiz Villamarim (Justiça/TV Globo)
Série: Justiça (de Manuela Dias/TV Globo)
Infantil: “D.P.A - Detetives do Prédio Azul” (Gloob)
Cobertura Rio-2016: SporTV

Votaram: Bárbara Sacchitiello, Cristina Padiglione, Edianez Parente, Fabio Maksymczuk, Flávio Ricco, José Armando Vanucci, Leão Lobo, Neuber Fischer, Nilson Xavier e Paulo Gustavo Pereira.

DANÇA
Grande Prêmio da Crítica: Marilena Ansaldi
Espetáculo (estreia): Devolve 2 horas da minha vida Projeto Mov_oLA / Alex Santos
Espetáculo (não estreia): “Dança por Correio”
Coreografia / Criação: “Rubedo” – Cia de Dança Siameses / Maurício de Oliveira
Interpretação: Zélia Monteiro por Percursos Transitórios
Revelação: Grupo Fragmento Urbano
Espaço de Difusão: Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo
Prêmio Técnico: Equipe Técnica do Teatro Alfa
Projeto / Programa: CCSP Semanas de Dança 2016 – Centro Cultural São Paulo
Memória: Ballet Stagium 45 anos
Votaram: Amanda Queirós, Ana Francisca Ponzio, Cássia Navas, Flávia Couto, Henrique Rochelle, Iara Biederman, Renata Xavier, Simone Alcântara e Yashara Manzini

MODA
Revelação em Moda: Lab-Emicida e Evandro Fióti
Coleção: À La Garçonne
Estilista do ano: Ronaldo Fraga
Fotógrafo: Gil Inove
Profissional da Beleza: Fabiana Gomes
Stylist: Pedro Sales
Prêmio Especial da Crítica: Alberto Hiar pela compra da Zoomp
Votaram: Pedro Diniz, Chantal Sordi, Silvia Rogar, Mario Mendes e Matheus Evangelista
 Theatro Municipal de São Paulo

As informações foram retiradas do release de divulgação de imprensa.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Projeto Trampolim - Arnaldo Antunes.

Projeto Trampolim Com Arnaldo Antunes.
Foi um bate papo descontraído e com muita música de primeiríssima qualidade. 

video

No dia 05/05 aconteceu o primeiro Talkshow do Projeto Trampolim 2017, com Arnaldo Antunes na Caixa Cultural de São Paulo.
O Projeto Trampolim gira em torno das histórias de algumas canções conhecidas do grande público, aquelas que foram  "trampolins" para o sucesso do artista. 

video
Arnaldo Antunes é cantor, compositor, artista plástico e poeta e foi um dos criadores e cantor do grupo Titãs.
Formou com Marisa Monte e Carlinhos Brown o trio Tribalistas, já tem 16 discos solo e é um dos principais compositores da mpb.
video
Músicas tocadas:
01- Não vou me adaptar,
02- O Que/ Comida,
03- O Pulso,
04- Cabelo,
05- De Mais Ninguém,
06- Socorro,
07- Fora de Si,
07- Se Tudo Pode Acontecer,
08- Velha Infância,
09- Saiba,
10- Sem Você,
11-  Ela É Tarja Preta,
12- A Casa É Sua.
Agradeço a Sylvia Vitalle por me ceder uns vídeos e a foto da fila. Os ingressos para o show estava esgotado, mais ficamos na fila dos ingressos remanescentes e conseguimos ver o talkshow do Arnaldo Antunes. Como sentei muito distante, os meus registros ficaram com péssima qualidade, os dela me salvaram.
Caixa Cultural São Paulo.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

O Musical Mamonas.

O Musical Mamonas.
O Musical Mamonas conta a história de Bento, Dinho, Júlio, Samuel e Sérgio, os  garotos de Guarulhos que fizeram um sucesso estrondoso com as letras das músicas escrachadas e bem humoradas pela década de 90 e, que no auge do sucesso sofreram um acidente de avião que interrompeu as suas vidas.
O Musical começa com os Mamonas Assassinas chegando ao céu e recebendo uma missão do anjo Gabriel: "Deveriam contar a história da banda". Assim, eles começam mostrando como foi no início, quando formavam uma banda de rock chamada Utopia, até chegar no momento em que aceitaram assumir no palco, o estilo irreverente que suas letras transmitia, e com esse novo estilo, conseguiram conquistar todo o Brasil.
O musical é muito divertido e mostra de uma maneira leve e bonita a trajetória dos Mamonas Assassinas. Foi uma linda e emocionante homenagem. Valeu demais ter ido conferir. Em alguns momentos nos sentimos como se estivéssemos no show deles. 
Os protagonistas: Ruy Brissac, Adriano Tunes, Yudi Tamashiro, Elcio Bonazzi e Arthur Ienzura.
...Minha Brasília amarela
Tá de portas abertas
Pra mode a gente se amar
Pelados em Santos
Pois você, minha pitchula
Me deixou legalzão
Não me sintcho sozinho...
Teatro Procópio Ferreira.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Yentil Em Concerto - Alessandra Maestrini.

Yentl em Concerto
 Alessandra Maestrini.
Ontem (05/12), foi a última apresentação de "Yentl em Concerto" no Teatro Porto Seguro.
Uma linda história de superação e aprendizado para se emocionar e se surpreender. Esperávamos assistir a um concerto ou algo do gênero, mas o que vimos ultrapassou em muito as nossas expectativas. Alessandra Maestrini, além de cantar magistralmente, interpreta lindamente Yentl, uma jovem judia que se faz passar por homem, para fugir da ignorância em uma época em que as mulheres não podiam estudar.
Yentl se apaixona por Avgdor, seu colega de estudos. Ela, então resolve decidir até onde está disposta a abrir mão de sua identidade pra adquirir conhecimentos.
Espetáculo concerto.
Alessandra Maestrini.
João Carlos Coutinho.
Alessandra Maestrini concebeu "Yentl em Concerto" a partir do filme homônimo de Barbra Streisand e o conto Yentl - The Yeshiva Boy, de Isaac Bashevis Singer, com melodias de Michel Legrand e letras de Alan e Marilyn Bergman.
Ficha Técnica: (retirada do site do Teatro Porto Seguro)
Idealização, roteiro, direção e intérprete: Alessandra Maestrini
Direção Musical e ao Piano: João Carlos Coutinho
Músicas: Michel Legrand
Letras: Alan & Marilyn Bergman
Figurino: Fábio Namatame
Visagismo: Wilson Eliodoro
Design de Som: Mario Jorge Andrade
Design de Luz: Wagner Freire
Assessoria de imprensa: Aline Salcedo
Fotografia: Priscila Prade
Diretor de Produção: Jorge Elali
Produtora Assistente: Carla Schvaitser
Realização: Maestrini Produções
 
Teatro Porto Seguro.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Auê.


 Auê.
Direção duda Maia
A Companhia Barca dos Corações Partidos apresenta Auê, que é uma mistura de tudo e mais um pouco: teatro, musical, show performático... e é composta por atores que são cantores, bailarinos e instrumentistas. Auê não é uma peça no sentido tradicional, com um texto. A Cia inovou com canções e poesia (que lembra, pelo menos para mim, os livros de cordel). Sem contar com a linguagem corporal consegue passar todas as mensagens que tocam no nosso coração. Excelente espetáculo que vale muito a pena ser visto e aplaudido.  
 
Elenco: Ádren Alves, Alfredo Del-Penho, Beto Lemos, Eduardo Rios, Fabio Enriquez, Renato LucianoRicca Barros. Músico convidado: Rick de La Torre. 
 
 
Teatro Faap.
Sexta-feira: de R$ 50 à R$ 60
Sábado e domingo: de 50 à R$ 70,00

Sextas e sábados às 21h e Domingos às 18h
Duração: 90 minutos
Classificação etária: 12 anos