♥ Seguidores♥

Mostrando postagens com marcador #teatromusical. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #teatromusical. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 13 de abril de 2017

60! Década de Arromba - Doc. Musical

60! Década de Arromba
Doc. Musical
Este musical foi a melhor aula de história que eu tive o prazer de assistir. Década de Arromba é um espetáculo que mescla fatos históricos e canções da década de 60, homenageando uma das maiores musas da música brasileira: A Ternurinha. Wanderléa continua linda, simpática e cheia de energia. Recomendo demais. Tudo perfeito e encantador.
Representante maior da Jovem Guarda, um dos principais movimentos musicais da década de 1960, a cantora Wanderléa é a “cereja do bolo” de 60! Década de Arromba – Doc. Musical, dirigido por Frederico Reder, com roteiro e pesquisa de Marcos Nauer. A cantora participa pela primeira vez de um musical, interpretando ela mesma. O espetáculo utiliza ferramentas de documentário (fotos, vídeos e depoimentos reais), somadas a cenas, textos e canções apresentadas ao vivo por 24 atores/cantores/bailarinos para contar a história da década de 1960.
Fruto de uma extensa pesquisa feita por Frederico Reder e Marcos Nauer, 60! Década de Arromba – Doc. Musical começa com um prólogo, em 1922, contando a chegada do Rádio no Brasil, para em seguida mostrar o início da Televisão e aí sim, sua popularização na década de 1960.  A partir desse ponto, a peça narra os principais acontecimentos, apresentando mais de cem canções dos mais diversos gêneros. De Roberto e Erasmo, passando por Dalva de Oliveira, Cauby Peixoto, Elvis Presley, Beatles, Tony e Celly Campello, Bibi Ferreira, Edith Piaf, Tom e Vinicius, Milton Nascimento, Gil e Caetano, Maysa, Geraldo Vandré e tantos outros nomes importantes na música.
Se hoje em dia a discussão em torno do empoderamento feminino está em alta, já em 1960 mulheres marcaram época com frases que deram o que falar. “Ninguém nasce mulher, torna-se mulher”, afirmava a escritora francesa Simone de Beauvoir. Marilyn Monroe fazia sucesso e bradava “mulheres comportadas raramente fazem história”.  Aqui no Brasil, mulheres como Leila Diniz também não ficavam atrás com atitudes e frases que marcaram história, como: “Na minha cama deita quem eu quiser”.  
Ícone pop da década de 1960, Wanderléa sempre foi considerada um símbolo de vanguarda. Primeira mulher a posar nua grávida para uma foto e pioneira no uso das minissaias e do silicone, contribuiu para os direitos e a liberdade das mulheres de sua geração.
“Fiquei muito emocionada em receber esta homenagem justamente quando a Jovem Guarda completa 50 anos. Nunca havia imaginado integrar um grande musical”, diz Wanderléa.
Produzido pela Brain+ em parceria com a Reder Entretenimento e a Estamos Aqui, “60! Década de Arromba” é uma superprodução com 20 cenários, 10 toneladas de material cênico e mais de 300 figurinos. Além dos 24 atores, conta também com uma orquestra de 10 músicos.
Informações retiradas: Ingresso Rápido.
Wanderléa.
Espetáculo arrebatador que encantou todo o público presente.

Teatro Net SP.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Rent - O Musical Que Revolucionou a Broadway.

Rent
O Musical Que Revolucionou a Broadway.
De Jonathan Larson
Nós assistimos a última apresentação de Rent neste ano. Este foi sem dúvida o musical que nos emocionou do início ao fim. Além de despertar muitas emoções em todos nós, os questionamentos que Rent apresenta nos faz refletir e analisar sobre a importância de nossa vida, das nossas amizades, do amor ao próximo, de fazer sexo seguro, sobre o uso de drogas, dos pobres sem teto, das pessoas sem  expectativa de realizar seus sonhos, ...
Rent é um musical formidável que conseguiu reunir assuntos importantes e atores tarimbados, que estão fazendo um belíssimo trabalho. 
Meu casal predileto é Roger(Thiago Machado) e Mimi (Ingrid Gaigher), adorei demais a atuação  de todos os atores, todos estão maravilhosos. Principalmente o Thiago Machado.
Quero rever Rent em 2017.
Poético, visceral e humano, RENT não pode ser visto apenas como “mais um musical”. Revolucionário e atual, ele nos envolve com nossos questionamentos diários, nos convida para sua realidade palpável e nos provoca com nossas semelhanças. Uma trama de escolhas e consequências que nos mostram a fragilidade da vida, a velocidade do tempo e a força de um sentimento.
A busca por uma voz. A vida mensurada em amor...
RENT conta um ano na vida de oito jovens que tem que encarar as aventuras e desventuras de seus amores, amizades, conflitos, problemas financeiros, o transparecer da sexualidade e o embate com a finitude humana. Mais que um musical, Rent é uma corrente de amor!
A história começa na véspera de natal, na cobertura de uma antiga editora musical. Um loft industrial onde moram Mark (Bruno Narchi), cineasta perdido que saiu debaixo das asas de seus pais para tentar a sorte na cidade grande e Roger (Thiago Machado), musico ex integrante de uma quase bem-sucedida banda de punk rock, que perdeu sua inspiração ao se ver frente a frente com a morte.
Em meio ao frio congelante, Mimi (Ingrid Gaigher), a vizinha do andar de baixo, bate na porta deles em busca de fogo e acaba reacendendo a vida de Roger. Collins (Max Grácio), gênio da computação e professor universitário, aparece na cidade para passar a noite de natal com seus amigos. Após um assalto, acaba caído em um beco qualquer onde encontra seu salvador, Angel (Diego Montez), percussionista de rua e Drag Queen. Benny (Mauro Sousa), antigo amigo e proprietário do imóvel, aparece para cobrar o aluguel.
Maureen (Myra Ruiz), ex parceira de Mark, é uma artista performática que prepara seu protesto, contra a cobrança e a desapropriação dos terrenos da região, com a ajuda de Joanne (Priscila Borges), advogada feminista e sua atual namorada. A partir de uma única noite, acompanhamos o recorte de um ano na vida dessas pessoas. ‘Um close’ nos encontros e desencontros, na amizade, no agora, na saudade, na solidão, na companhia, na vida, na perda, no cuidar do outro e, acima de tudo, no amor.
Elenco: Myra Ruiz, Bruno Narchi, Diego Montez, Thiago Machado,Ingrid Gaigher, Mauro Sousa, Max Grácio, Priscila Borges,Thuany Parente, Carol Botelho, Lívia Graciano, Zuba Janaina,Bruno Sigrist, Arthur Berges, Philipe Azevedo, Felipe Domingues, Guilherme Leal e Kaíque Azarias.
video
Produtor e realizador do projeto, ao lado de Bel Gomes, o ator Bruno Narchi iniciou essa jornada em 2014 e conta: “RENT foi o musical que me inspirou a fazer musicais. Foi também a primeira vez que pensei em montar e produzir um espetáculo. Somente dez anos depois, em uma conversa de camarim com outros colegas de elenco do musical ‘Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz’, nos questionamos sobre qual musical gostaríamos de fazer e produzir. Mais uma vez apareceu o nome: RENT. Hoje, vejo e acredito muito que o próprio projeto fez sua seleção natural. Formamos um time que defende essa obra com tudo aquilo que ela merece. Garra, verdade, vontade e amor. Muito amor. Um grupo de amigos falando de um grupo de amigos.”
RENT
Teatro Shop. Frei Caneca (600 lugares)
Rua Frei Caneca, 569 / 7º andar
Bilheteria: 3472.2229
Terça a domingo, a partir das 13h. Aceita todos os cartões de débito e crédito, não aceita cheque. Estacionamento do shopping - R$ 10 as duas primeiras horas
Vendas: 4003.1212 - www.ingressorapido.com.br
Terças e Quartas às 21h


** sessão extra dia 19/12, segunda, às 21h **
Ingressos:
R$ 100
Duração: 150 minutos
Recomendação: 14 anos
Gênero: musical
Temporada 2016: dias 14, 19, 20 e 21 de Dezembro
Temporada 2017: de 10 de Janeiro até 29 de Março

Informações retiradas do release de divulgação de imprensa.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

O Musical Mamonas.

O Musical Mamonas.
O Musical Mamonas conta a história de Bento, Dinho, Júlio, Samuel e Sérgio, os  garotos de Guarulhos que fizeram um sucesso estrondoso com as letras das músicas escrachadas e bem humoradas pela década de 90 e, que no auge do sucesso sofreram um acidente de avião que interrompeu as suas vidas.
O Musical começa com os Mamonas Assassinas chegando ao céu e recebendo uma missão do anjo Gabriel: "Deveriam contar a história da banda". Assim, eles começam mostrando como foi no início, quando formavam uma banda de rock chamada Utopia, até chegar no momento em que aceitaram assumir no palco, o estilo irreverente que suas letras transmitia, e com esse novo estilo, conseguiram conquistar todo o Brasil.
O musical é muito divertido e mostra de uma maneira leve e bonita a trajetória dos Mamonas Assassinas. Foi uma linda e emocionante homenagem. Valeu demais ter ido conferir. Em alguns momentos nos sentimos como se estivéssemos no show deles. 
Os protagonistas: Ruy Brissac, Adriano Tunes, Yudi Tamashiro, Elcio Bonazzi e Arthur Ienzura.
...Minha Brasília amarela
Tá de portas abertas
Pra mode a gente se amar
Pelados em Santos
Pois você, minha pitchula
Me deixou legalzão
Não me sintcho sozinho...
Teatro Procópio Ferreira.

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Peer Gynt.

Peer Gynt.
(Henrik Ibsen).
Baseado no folclore norueguês, Peer Gynt é um poema dramático que narra a trajetória de um jovem fantasioso e contador de estórias que vive as mais inusitadas aventuras. No encontro com os trolls, por exemplo, Peer se envolve com a filha do rei dessas criaturas  mitológicas no intuito de ele também se tornar rei, chegando inclusive a concordar em trocar o lema que sempre seguira "homem, seja você mesmo" pelo "troll, basta-te a ti mesmo"; entretanto, ao perceber que precisaria mutilar a própria visão para efetuar a união, ele foge dali imediatamente.
Peer então sai do vilarejo onde nascera para ganhar o mundo. Depois de muitos percalços, Peer chega a um manicômio egípcio onde é coroado "o imperador dos exegetas" por se definir como aquele que sempre foi ele mesmo. Envelhecido, seu Eu gyantiano entra em colapso e ele decide voltar para casa, onde se dá conta que o "si mesmo", aquele Eu uno atrás  do qual ele sempre correu, nunca existiu: Peer precisa aceitar que o Ego não é uma unidade, mas um conjunto de identificações contraditórias entre si.
Por esse simples e breve apanhado do texto, não restam dúvidas de que Peer Gynt é uma odisseia do Eu. Tal como Odisseu, Peer Gynt quer voltar para casa, mas se perde nos caminhos possíveis de se encontrar. Como em muitas de suas peças não há um final conclusivo, o que implica uma reflexão que sintetize o que o autor não fez. Mas sob quaisquer perspectivas que se queira abordar a narrativa, Peer Gynt revela as aflições do homem do século XIX que buscava ampliar sua realidade interior. Foi dessa forma que Peer Gynt contribuiu para inaugurar uma nova era.
sinopse retirada do programa da peça.  
Elenco: Chico Carvalho, Dagoberto Feliz, Daniel Maia, Daniel Mazzarollo, Leonardo Ventura, Leticia Medella, Luciana Carnieli, Marco França, Marco Furlan, Maria do Carmo Soares, Mariana Elisabetsky, Mel Lisboa, Nábia Vilela, Rogerio Romera e Romis Ferreira.
Direção e adaptação: Gabriel Villela.
Chico Carvalho é um ator primoroso, não consigo imaginar outra pessoa interpretando Peer Gynt. além da peça ter um figurino e um cenário maravilhoso, e atores super talentosos, as canções do espetáculo são fantásticas: Help, Yellow Submarine, Hallelujah, The End, Pierrô Apaixonado, entre outras.
Teatro do Sesi-SP
de 29 de setembro a 16 de dezembro, quartas a sextas, 15h (agendamento escolar)*
sábados e domingos, 15h30

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

“Divas – O Musical”

“Divas – O Musical”
Ontem foi o dia da estreia vip para convidados e imprensa de
Divas - O Musical.
No palco, Sofia, Mariah e Cecília, três melhores amigas que formaram uma girl band na adolescência, se reencontram num reality show e precisam enfrentar as diferenças do passado e competir entre si. Alto astral e super envolvente, o espetáculo traz grandes sucessos musicais das décadas de 70 até hoje, que ganharam o mundo nas vozes de estrelas como Céline Dion, Madonna, Cher, Whitney Houston, Donna Summer, Mariah Carrey, Shakira, Spice Girls, Christina Aguilera, Beyoncé, Britney Spears, Jessie J, Rihanna, Tony Braxton e Lady Gaga.
Dirigido por Jarbas Homem de Mello, “Divas – O Musical” é protagonizado pela cantora Luiza Possi, que faz sua estreia como atriz; Nikki, finalista da 4ª temporada do The Voice Brasil; e pela atriz de Malhação e Êta Mundo Bom Jennifer Nascimento, dona de uma igualmente belíssima voz . Também no musical, nomes como Leilah Moreno, Rodrigo Andrade, Daniel Blanco e grande elenco.
Informações: Ingresso Rápido.
 
Jarbas Homem de Mello nos agradecimentos finais.
 
Andy Santana, Luiz Henrique Leão, Cassiano Leonardo, William Soares, Michel Fernandes (Prêmio Aplauso Brasil), Regina Lima, Julio Mancini e Maximiliana Reis.
Alguns dos Convidados, entre eles: Ivan Parente, Kiara Sasso, Lazaro Menezes e Fábio Namatame. 
Com as Divas Luiza Possi, Nikki, Leilah Moreno e Jeniffer Nascimento.
Período: 07 de Outubro a 13 de Novembro de 2016
Local: Teatro Procópio Ferreira (Rua Augusta, 2823 – Jardins, SP)
Horários: Quinta, 21h; Sexta, 21h; Sábado, 18h e 21h30; Domingo, 17h