♥ Seguidores♥

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Rio Mais Brasil - O Nosso Musical.

Rio Mais Brasil - O Nosso Musical.
Rio Mais Brasil - O Nosso Musical é baseado no livro O Povo Brasileiro de Darcy Ribeiro.O musical consegue mostrar muito do povo brasileiro, a pluralidade da cultura, modo de expressar e a beleza artística dos vários lugares do Brasil.
‘Rio mais Brasil, o nosso musical’ se passa nos bastidores da realização de um longa-metragem, livremente inspirado na obra ‘O Povo Brasileiro’, de Darcy Ribeiro. O produtor Martin recebe uma verba para criar uma superprodução, mostrando um Brasil jamais visto antes no cinema. Após muito procurar, ele vê suas ideias traduzidas pela cineasta Cris, que propõe mostrar a essência do povo brasileiro através do livro do Darcy Ribeiro, O Povo Brasileiro.
E a escolha do elenco deve refletir essa proposta, com pessoas de todo o país, que mostrarão um pouco de suas vivências, ajudando a entender o Brasil através da sua gente. À medida que as filmagens avançam, os valores vão sendo reduzidos, até que o investimento na produção é completamente cancelado. Como seguir adiante? O que pode ser feito? Um novo fato reacende as esperanças e possibilita a continuação das filmagens.

Outras informações:Teatro Frei Caneca
Elenco:Leonardo Vieira, Cris Viana, Danilo Mesquita, Danilo de Moura, André Muato,Barbara Sut, Clayson Charles, Edmundo Vitor, Fernando Thomaz, Janaina Moreno, Leandro Melo, Luciana Balby, Marcel Octávio, Nando Motta, Priscilla Azevedo, Teka Balluthy, Camila Matoso, Anna Bello e Késia Estácio.

Algumas músicas: Aquerela do Brasil, O povo Brasileiro I, O meu lugar, Caçador de mim, boi bumbá, Foi boto, sinhá, Maria Maria, Para todos,...

Teatro Frei Caneca.

sábado, 18 de novembro de 2017

“Colegas no Teatro”.

“Colegas no Teatro”
Dir.: Leonardo Cortez.
O filme Colegas (longa de 2013), ganhou versão teatral e a peça está sendo apresentada no grande Auditório do Masp.
“Colegas no Teatro”, é uma comédia  que trata de forma poética coisas simples da vida. A história gira em torno de três colegas com síndrome de down, Márcio, Stalone e Aninha. Os três são apaixonados por cinema e trabalham na videoteca do instituto onde vivem. Um dia eles resolvem fugir no carro do amigo jardineiro para tentar realizar três sonhos: Stalone quer ver o mar, Aninha quer casar e Márcio quer voar.
Parabéns a todos os envolvidos por levar aos palcos a peça Colegas, que é um exemplo da verdadeira inclusão social. Colegas é uma peça super divertida e emocionante e que nos mostra que os sonhos simples, geralmente são os melhores.
Atores: Ian Pereira, Giulia Merigo, João Simões, Ricardo Côrte Real, Adriana Mendonça e Daniel Dottori.
Ingressos: Colegas No Teatro
80 min. Livre. Sex. e sáb. 21h, dom. 20h. R$50. Até 10/12.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Beatles Num Céu De Diamantes.

Beatles Num Céu De Diamantes.
Charles Möeller & Claudio Botelho.
O Musical reúne o que há de mais representativo no repertório do quarteto de Liverpool que é ícone do rock mundial. Em cena, oito atores-cantores, fazem um espetáculo leve, jovem e emocionante.
Vista por mais de 700 mil pessoas em 16 temporadas ao longo de 10 anos, a montagem chama a atenção pela ousada releitura nos arranjos que dispensaram a guitarra e valorizaram a sonoridade do contrabaixo, piano e percussão. O resultado musical se afasta de qualquer imitação dos arranjos da banda para mostrar releitura, originalidade criativa e o preciosismo nos arranjos vocais assinados por Jules Vandystadt, que por este trabalho ganhou o Prêmio Shell de melhor arranjo original no Rio de Janeiro, em 2009.
Möeller e Botelho optaram por fazer o espetáculo sem determinar  um enredo unica. As canções sugerem diversas histórias e situações e a cada número musical, o elenco apresenta um estado cênico diferente para falar de sonhos, descobertas, amadurecimento e outros temas suscitados pelas músicas.
O jogo cênico toma conta do palco, com poucos recursos de cenografia. O elenco usa somente alguns objetos em cena, como, malas, guarda-chuvas, bolhas de sabão e cadeiras para valorizar a emocao, e o clima dramático de cada cena.
Informações retiradas do programa do musical.
Elenco: Carol Pita, Andrei Lamberg, Carol Bezerra, Daniel Klepacz, Giovanna Moreira, Felipe Mafra, Ingrid Gaigher e Diogo Martins.
Músicos: Juliana Ripke, Pelé Nascimento e Noa Stroeter.
Músicas: Lucy In The Sky With Diamonds, Because, She`s Living Home, Strawberry Fields Forever, Magical Mystery Tour, Help!, Blackbird, Here Comes The Sun, Get Back, Michelle, Hey Jude, Eleanor Rigby, My Love, Till There Was You, If I Fell, She Loves You, I Want To Hold Your Hard, A Hard Day`s Night, Can`t Buy Me Love, All My Loving, And I Love Her, something, While My Guitar Gently Weeps, Oh, DArling, Yesterday, Let It Be, Come Together, Ob-la Di Ob-la Da, Yellow Submarine, The Long And Winding Road, Across The Universe, Here, There And Everywhere, The End, All You Need Is Love.
Espetáculo maravilhoso, todos estavam incríveis e foi fantástico ver a releitura de alguns dos maiores clássicos dos Beatles. Todos estão de parabéns, que produção caprichada, que vozes e interpretação!!!! Super recomendo!!!
Teatro Folha.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Kiwi

Kiwi.
Texto: Daniel Danis.
Direção: Lucianno Maza.
Às vésperas dos Jogos Olímpicos, a polícia faz sua limpeza social. Uma garota, abandonada por sua família, é acolhida por jovens que lutam pela sobrevivência nas ruas. Ela é batizada Kiwi e terá uma dura trajetória até a esperança de uma vida melhor em um mundo que parece não ter lugar para ela e seus amigos. 
História triste que retrata a realidade das milhares de crianças e adolescentes menos favorecidos, principalmente os que vivem nas ruas e que precisam fazer de tudo para sobreviver a cada dia.
A peça Kiwi é excelente e muito comovente, não tem como ficar indiferente aos temas abordados (abuso sexual, fome, importância dada as Olimpíadas, violência, amizade, amor,...).

Quem gostou do livro capitães de Areia (Jorge Amado), vai sentir as mesmas emoções. Kiwi nos mostra de maneira nua e crua, a vida das pessoas que vivem à margem da sociedade e que independente das misérias sofridas, não perde a esperança de ter dias melhores.

Kiwi é um espetáculo que tem um texto forte e excelente e atuações impecáveis, não perca a oportunidade de ver e se comover. 

"Um dia, nós também seremos felizes! " 

"Os pássaros! Os pássaros! O sol... O sol!"(Frase dita sempre que Kiwi e Lichia saiam do esconderijo e podiam ver e se aquecer com o calor do sol,...).
De 11 de Novembro a 10 de Dezembro
Sábados e domingos 15h
Classificação: 12 anos
Duração: 60 minutos.
Atores: Rita Batata e Lucas Lentini.
Ingressos: Kiwi
Teatro Eva Herz.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

“VAZANTE”

“VAZANTE” 
De Daniela Thomas
Estreia dia 9 de novembro nos cinemas
Ontem foi o dia de prestigiar a pré-estreia do filme Vazante, que é um filme impactante, cheio de nuances e que nos ajuda a entender a profunda desigualdade social brasileira e o sistema patriarcal.
O roteiro é assinado por Daniela e pelo produtor Beto Amaral. O longa foi escolhido como Opening Film da mostra Panorama do 67º Festival Internacional de Cinema de Berlim e venceu os prêmios de melhor atriz coadjuvante para Jai Baptista e direção de arte (Valdy Lopes Jn) no 50º Festival de Brasília. Cisma Produções, Dezenove Som e Imagens e Ukbar Filmes assinam a produção. A coprodução é da Globo Filmes. Europa Filmes é a distribuidora.
Sinopse: Minas Gerais. Século XIX. O fazendeiro Antonio (Adriano Carvalho) volta à casa, depois de uma longa viagem conduzindo uma tropa de escravos. Ao chegar, descobre que a mulher morreu em trabalho de parto. Isolado em uma fazenda improdutiva, ele negocia um novo casamento com a filha de Dona Ondina (Sandra Corveloni), a menina Beatriz (Luana Nastas), enquanto faz a escrava Feliciana (Jai Baptista) vítima da violência. Antonio volta às expedições para negociar escravos e gado. Sozinha na propriedade, Beatriz se aproxima das crianças escravas. Uma traição implode na família em uma espiral de violência, que é o anúncio dos ventos da mudança.
Elenco:
Antonio - Adriano Carvalho
Beatriz - Luana Nastas
Dona Ondina - Sandra Corveloni
Dona Zizinha - Juliana Carneiro Da Cunha
Bartholomeu - Roberto Audio
Feliciana - Jai Baptista
Líder - Toumani Kouyate
Virgílio - Vinicius Dos Anjos
Jeremias - Fabrício Boliveira
Joana - Geisa Costa
Manuel - Alexandre De Sena
Porfírio - Adilson Maghá
Maria Joaquina – Maria Isadora
Francisca - Kelle Das Graças Lopes
Domingas - Maria Helena Dias (Mantega)
Naninha - Dinah Feldman
Padre - Vasco Pimentel
Benguela - Adão de Fátima Gomes
Sebastião - Adelsson Gonçalo Higino
Inácia - Maria Aparecida de Jesus Fátima
 
Alguns dos atores convidados para a pré-estreia:Guilherme Leme,Luciana Caruso e Marina Person.
 
FichaTécnica
Diretora - Daniela Thomas
Roteiristas - Daniela Thomas e Beto Amaral
Produtores - Beto Amaral, Maria Ionescu e Sara Silveira
Coprodutores - Pandora da Cunha Telles e Pablo Iraola
Produtor Associado - Fernando Meirelles
Diretora de Produção - Cristina Alves
Diretor de Fotografia - Inti Briones
Diretor de Arte - Valdy Lopes Jn
Som - Vasco Pimentel
Montadores - Estevan Schilling e Tiago Marinho
Figurinista - Cassio Brasil
Maquiagem - Rosemary Paiva
Uma Produção - Dezenove Som e Imagens, Cisma Produções e Ukbar Filmes
Coprodução - Globo Filmes
Distribuição - Europa Filmes
Assessoria De Imprensa: Primeiro Plano
Melhor atriz coadjuvante (Jai Baptista).

Espaço Itaú Frei Caneca.

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Zombie Walk SP

Zombie Walk SP
Ontem aconteceu A Zombie Walk, que é uma marcha pública de pessoas vestidas de zumbi (ou não), que acontece em diversas cidades do mundo. O evento surgiu na Califórnia em 2001 e, desde 2006, é realizado anualmente em São Paulo, sempre no dia 02 de novembro, dia de finados.
A participação é gratuita e aberta a todos, não é necessário nenhum tipo de inscrição. Basta comparecer na concentração, de onde saíra pontualmente para percorrer o percurso programado.
A concentração foi marcada para às 15h na Praça do Patriarca, próxima à estação de metrô Anhangabaú. a caminhada começa às 17h e termina por volta das 18h no Vale do Anhangabaú.
Percurso:
Praça do Patriarca,
Viaduto do Chá,
Rua Barão de Itapetininga,
Rua Dom José de Barros,
Rua Antônio de Godói,
viaduto Sta. Efigênia,
Rua Líbero BAdaró,
Vale do Anhangabaú.
Informações retiradas: Zombie Walk SP
Centro de São Paulo.