♥ Seguidores♥

Mostrando postagens com marcador #sp. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #sp. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 19 de julho de 2019

“Amar, Verbo Intransitivo”.

“Amar, Verbo Intransitivo”.
Ontem (18/07), foi o dia de assistir a peça “Amar, verbo intransitivo” baseado no livro de Mário de Andrade. 
A trama narra a história da governanta Fräulein Elza (Luciana Carnieli), que é contratada por uma família tradicional paulista nos anos de 1920 para fazer a iniciação amorosa e sexual de Carlos (Pedro Daher), o primogênito herdeiro. A partir desse encontro, os personagens vivem uma relação amorosa, revelando críticas sociais e comportamentais.
Para quem não sabe, “Amar, verbo intransitivo (lançado em 1927)”, foi o primeiro romance modernista de Mário de Andrade. O livro aborda o amor de uma maneira peculiar e causou muito alvoroço na época, por mostrar como a alta sociedade paulistana se comportava de maneira hipocrisia.
Informações adicionais e ingressos:Amar, Verbo Intransitivo.
Em cartaz às quintas-feiras no Teatro Eva Herz. 

segunda-feira, 15 de julho de 2019

Dado e Bonfá Tocam Legião Urbana.

Dado e Bonfá Tocam Legião Urbana.
Vida longa aos deuses do rock nacional, vida longa LUXXX30 (Legião Urbana 30 anos).
13 de julho foi  o dia do rock' n' roll e a Prefeitura de São Paulo, nos presenteou com a apresentação da maior banda de rock brasileira: Legião Urbana.
Dado Villa-Lobos, Marcelo Bonfá e André Frateschi.
Gratidão eterna por poder ver de pertinho e cantar todas as músicas icônicas. Foi um show excepcional, foi tudo perfeito. Abaixo segue algumas fotos desse show grandioso. 
A felicidade de quem passou a adolescência ouvindo Legião Urbana, e teve a oportunidade de vê-los tocando, cantando e nos encantando na Praça da República.

domingo, 14 de julho de 2019

Tanabata Matsuri.

Tanabata Matsuri.
Hoje é o dia de fazer pedidos às estrelas.
Bairro da Liberdade.

sábado, 13 de julho de 2019

Sylvia.

Sylvia.
Comédia romântica de  A.R. Gurney.
Sylvia é uma peça que trata principalmente de amor e companheirismo.
A peça conta a história de Greg (Cassio Scapin), um bem sucedido engenheiro de produção que encontra a cachorra Sylvia (Simone Zucato), num parque e resolve levá-la para o seu “ninho vazio”, onde vive com sua esposa Kate (Françoise Forton). 
Kate é uma professora de literatura, com uma carreira promissora. Ao chegar em casa e se deparar com a presença de Sylvia, Kate age de forma negativa e pede para que Greg se livre dela. Com muita dificuldade, o marido tenta convencê-la a ficar com Sylvia, e eles então decidem que a cachorra poderá ficar por alguns dias. Greg e Sylvia passam mais e mais dias juntos, até que ele decide largar o trabalho e aproveitar mais as coisas simples da vida. Ele se dá conta de que apesar de ser um homem bem sucedido, seus dias são dedicados exclusivamente ao trabalho e que, por isso, deixou passar despercebidas muitas coisas de extrema simplicidade e importância na vida. 
A tensão aumenta entre o casal, Greg se torna obcecado por Sylvia e Kate teme por seu casamento. Sylvia, como qualquer cachorro, ama seu dono. Os conflitos, as incertezas e os sonhos desses personagens começam a mexer com um casamento de 22 anos. 
É uma fantasia deliciosamente divertida, mas também uma visão psicológica da crise de um homem de meia idade, da síndrome do ninho vazio e da importância de um cachorro dentro de uma família. 
Elenco: Cassio Scapin, Françoise Forton, Simone Zucato e Rodrigo Fagundes. 
Direção: Gustavo Wabner.
Informações retiradas: Teatro das Artes.
Temporada: 12/07 a 01/09.

quarta-feira, 10 de julho de 2019

O Que É Que Ele Tem.

O Que É Que Ele Tem.
De: Renata Mizrahi.
Saúde, superação, sobrevivência, memória afetiva e, acima de tudo, muito amor. Estes são alguns dos pontos chaves que nos levam a penetrar no denso universo de “O que é que ele tem”. Livro de Olivia Byingyton.
Temos um relato corajoso e honesto de Olivia Byingyton – hoje mãe de quatro filhos – sobre sua relação com a maternidade e com seus próprios anseios e incertezas. Ao contar sua história, a escritora reviveu fatos esquecidos e sacou do fundo do coração sentimentos e vivências difíceis de serem revisados.  Mas a presença de João, seu primeiro filho que nasceu com uma síndrome rara a ajudou de forma definitiva: “Ele tinha uma aparência tão frágil que ninguém poderia saber que, dentro daquele fiapo de gente, morava um ser forte e agarrado à vida. No seu quarto de criança, pendurei na parede um enorme Super-Homem.”
Uma linda história de amor.
Informações retiradas: Teatro Eva Herz.
"Mais do que uma história de superação, é uma história de amor, que nos faz refletir sobre conviver em sociedade e lidar com as diferenças". Louise Cardoso
Atriz: Louise Cardoso.
Direção: Fernando Philbert.
Não deixem de ver, "O Que É Que Ele Tem" é um espetáculo imperdível e extremamente necessário.
Temporada até 25 de Agosto de 2019.
Espetáculo baseado no livro homônimo de Olivia Byington. 
Teatro Eva Herz.

terça-feira, 9 de julho de 2019

A Noviça Mais Rebelde.

Quem está a fim de se divertir e dar muitas risadas não pode deixar de ver (ou rever), essa comédia super engraçada e interativa. Vá sem medo, porque "A Noviça Mais Rebelde" não faz o público passar por situações constrangedoras. Muito ao contrário, todos querem participar e brincar, principalmente do "bingo" que foi uma surpresa muito boa.
Wilson de Santos é excelente ❤.
Sinopse: Na peça, o ator Wilson de Santos dá vida à Irmã Maria José, uma freira que canta, dança e conta histórias do seu passado picante para interagir com o público enquanto aguarda a chegada da Madre Superiora, que lhe prometeu um número de destaque num espetáculo beneficente.
A Irmã Maria José é uma das personagens originais do musical “Noviças Rebeldes”, sucesso Off-Broadway chamado “Nunsense”, dirigido por Wolf Maia com a Cia Baiana de Patifaria. A Noviça Mais Rebelde é uma criação do próprio Wilson com ajuda do norte-americano Dan Goggin, autor de “Nunsense”. 
Na peça, a hilária freira que era renegada ao papel de contrarregra por não possuir talento – e por ter uma personalidade irreverente demais – volta tentando provar mais uma vez que sua fé pode conviver com as luzes dos holofotes e com os aplausos do público. A Noviça Mais Rebelde tem direção do ator Marcelo Médici. 
A comédia musical tem início quando a irmã Maria José se vê obrigada a entreter a plateia enquanto a Madre Superiora não chega para o show beneficente preparado para a noite. Improvisando jogos interativos e números musicais – todos retirados de lembranças hilárias do seu passado nada católico, antes de se converter à Igreja.
Informações retiradas: Teatro Renaissance.
Ator: Wilson De Santos.
Temporada até 28 de setembro, no Teatro Renaissance, aos sábados às 18h:30.

segunda-feira, 8 de julho de 2019

Circo Turma da Mônica "Brasilis".

Circo Turma da Mônica "Brasilis".
"Circo Turma Da Mônica BRASILIS" é um. espetáculo musical maravilhoso que explica para todos o que é diversidade cultural. Foi a melhor aula de história da minha vida, por mostrar de forma lúdica e divertida a formação do povo brasileiro e as diferenças regionais.
Simplesmente imperdível.
A Turma da Mônica em uma grande viagem musical pela diversidade cultural do Brasil. Nossas raízes e histórias contadas de um jeito divertido e surpreendente.
Sinopse: Já é noite na Vila Abobrinha. Sob o céu estrelado e aos sons da natureza, Mônica, Magali, Cebolinha e Cascão estão brincando na casa do Chico Bento e falam sobre as diferenças entre a cidade e a roça. De repente, eles se deparam com a seguinte pergunta: O QUE É DIVERSIDADE CULTURAL?
Para responder, Vó Dita, com toda a sua experiência e sabedoria, contará as mais lindas histórias sobre nossas principais origens: indígenas, negros e europeus.
Prepare-se para uma incrível viagem e encontro surpreendentes com Milena e Papa-Capim e diversos artistas circenses.
A Turma da Mônica nos convida a descobrir um pouco mais sobre o nosso país e nossas origens.
Informações retiradas do programa teatral "Circo Turma da Mônica Brasilis". 
Fafy Siqueira como "Vó Dita".
Paula Lima.
Temporada em São Paulo até o dia 04 de agosto.
Teatro Opus.