♥ Seguidores♥

Mostrando postagens com marcador #filme. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #filme. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Uma Quase Dupla.

Uma Quase Dupla.
Estreia 19 de Julho nos cinemas.
Semana passada (04/07), aconteceu a cabine e coletiva do filme Uma Quase Dupla em são Paulo.
A comédia foi produzido pela Biônica Filmes e Paris Entretenimento e dirigido por Marcus Baldini, o filme tem roteiro assinado por Ana Reber e Leandro Muniz, com colaboração de Tatá Werneck, Fernando Fraiha e Daniel Furlan. 
No longa, Tatá Werneck e Cauã Reymond vivem Keyla e Claudio, dois policias que não têm nada em comum, mas precisam unir forças para desvendar uma série de assassinatos na cidade fictícia de Joinlandia, no interior do país. Claudio é um subdelegado acostumado à vida pacata e que passa mal nas cenas dos crimes. Já a experiente investigadora Keyla, enviada do Rio de Janeiro, não tem medo de nada e acha que é capaz de resolver o mistério sozinha.
"Sempre quis trabalhar com o Cauã. Adorei vê-lo em cena e descobri a alegria que é estar com ele fora de cena também. Foi maravilhoso vê-lo brilhante fazendo comédia, um lugar onde não estamos acostumados a vê-lo. Aprendi muito com ele ", conta Tatá.
"Há muito tempo tinha o desejo de me desafiar e me exercitar em um gênero que não domino, por isso este encontro não poderia ter sido mais feliz. Tatá é rápida, tem um tempo de comédia impressionante, é uma mestra do ofício. Acho que o público vai se divertir nos cinemas tanto quanto eu tenho me divertido nas filmagens", acredita Cauã. 
"O encontro de dois atores diferentes e talentosos é uma força desse projeto. Acredito que isso deu um charme especial ao filme, junto com a linguagem que brinca com os clichês de filmes de investigação e suspense", conta o diretor Marcus Baldini. 
Sinopse: Keyla (Tatá Werneck) e Claudio (Cauã Reymond) são dois policiais que não têm nada em comum, mas se veem obrigados a trabalhar juntos na pacata cidade de Joinlandia. Ela é uma investigadora competente que acha que pode resolver tudo sozinha. Ele é um subdelegado boa praça e nada eficiente. Os dois vão formar uma dupla improvável e juntos, tentar capturar um habilidoso assassino em série. 
Elenco: Tatá Werneck, Cauã Reymond, Louise Cardoso, Ary França, Alejandro Cleveaux, Daniel Furlan, Augusto Madeira, Gabriel Godoy, Valentina Bandeira, Priscila Steiman, Pedroca Monteiro, Luciana Paes, George Sauma, Caito Mainier.
Ficha Técnica: 
Uma produção Biônica Filmes e Paris Entretenimento 
Coprodução: Paramount Pictures e Globo Filmes 
Distribuição: Paris Filmes e Downtown Filmes 
Direção: Marcus Baldini 
Produção: Bianca Villar, Fernando Fraiha, Karen Castanho, Marcio Fracarolli e Sandi Adamiu. Produtor Associado: Carlos Diegues, Cauã Reymond e Tatá Werneck 
Roteiro: Ana Reber e Leandro Muniz, com colaboração de Tatá Werneck, Fernando Fraiha e Daniel Furlan.
Produção Executiva: Bianca Villar 
Direção de Fotografia: Rodrigo Monte 
Direção de Arte: Rita Faustini 
Figurino: Leticia Barbieri 
Montagem: Danilo Lemos e Helena Chaves 
Trilha Sonora: Plinio Profeta 
Assessoria de Imprensa: Primeiroplanocom.com.br
 Informações para a imprensa:Primeiro Plano.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

"Mulheres Alteradas".


"Mulheres Alteradas".
Estreia 5 de julho.
O longa é inspirado nos quadrinhos da argentina Maitena, grande sucesso nos anos 90.
Ontem (19/06), foi o dia de conferir a cabine e a coletiva do filme Mulheres Alteradas, nova comédia da O2 filmes, coproduzida pela Globo Filmes e Telecine, reúne as histórias de quatro protagonistas diferentes vivendo momentos de transformação, seguindo a frase-tema "mulher alterada não é louca, é uma pessoa que está mudando. Interpretadas por Alessandra Negrini, Deborah Secco, Monica Iozzi e Maria Casadevall, as personagens vivenciam situações cotidianas capazes de tirar qualquer um do sério.
Mulheres alteradas é a primeira adaptação para o cinema dos quadrinhos da argentina Maitena Burundarena, grande sucesso nos anos 90. O filme teve sua estreia mundial no 22 Cine PE.

os quadrinhos não tem personagens, tem situações estanques. A adaptação foi um trabalho longo do roteirista com os produtores e o diretor e decidimos por quatro personagens, com algumas questões abordadas pela Maitena: casamento, trabalho, filhos e idade, explica a produtora Andrea Barata Ribeiro.
Fizemos um filme para nos identificarmos e nos divertimos, transpondo a linguagem dos qaudrinhos para o cinema, É uma comédia pop que tem quatro protagonistas mulheres com suas dúvidas e aspirações, define o diretor Luis Pinheiro.
Alessandra Negrini - Marinati: " A Marinati é dedicada e ambiciosa no trabalho e recebe uma proposta incrível que a tornará uma advogada top, mas justamente neste momento se apaixona. Ela é completamente avessa à paixão, porque não quer perder o controle. Pra ela, viver é trabalhar, tem os namorados com quem não se envolve, é independente, livre. Aí a vida dá uma rasteira nela" .
Deborah Secco - Keka: " A Keka é o resumo de muitas mulheres reais que trabalham, são casadas e tem filhos e que depositam uma importância muito grande na estrutura da família, no sucesso familiar. E é difícil mesmo essa experiência, de conseguir manter tudo, ser uma boa esposa, boa mãe, ser uma profissional capaz de trabalhar a ponto de sustentar sua família. Ela representa essa classe de mulheres que de forma muito normal fazem esse malabarismo. Ela está num momento de crise no casamento e decide tentar salvar o relacionamento numa segunda lua de mel" .
Monica Iozzi - Sônia: "A Sônia é uma mulher que queria tanto ser mãe que decidiu por um período abrir mão da profissão e se dedicar exclusivamente a isso. Ela tem dois filhos lindos pelos quais ela é apaixonada, mas como toda mãe sabe sempre existem alguns dias de caos. É o retrato de como é possível ser muto feliz sendo mãe e ao mesmo tempo ficar muito cansada".
Maria Casadevall - Leandra: Leandra é uma jovem adolescente recentemente chegada aos 30 anos. O conceito de adolescência hoje em dia está um pouco mais alargado e ela faz parte desse grupo de pessoas que vivem esse momento de maneira mais intensa ou um pouco mais prolongada. E eu a vejo nesse lugar da adolescência,meio dark e depressiva, mas que encarava isso da maneira dela pois sai todas as noites, vive num mundo de baladas. Ai ela se depara com a crise dos 30 e o filme mostra com ela vai lidar com isso.
Maria: O filme tem uma pluralidade muito interessante e desenvolve a humanidade. O meu personagem busca a eterna juventude agindo de maneira infantilizada e de forma frenética.
Alessandra: Mulheres Alteradas é um filme popular, original e autoral e que atende todos os gostos. Todas as mulheres vão se identificar, porque são fases da vida que praticamente quase toda mulher passa em determinado momento.
Deborah:Fiquei muito encantada pelo roteiro. Mulheres alteradas é um filme ousado, colorido. Eu pedi para fazer a Keka porque era a unica personagem que não me identifiquei. Eu vivi as outras três e esse seria o desafio, o de viver uma mulher otimista.
Mônica: A amizade feminina foi uma das coisas que mais me atraiu para fazer Mulheres Alteradas, a possibilidade de falar do ambiente feminino, cada uma das quatro protagonistas vivendo suas crises de uma maneira não muito pesada.
SINOPSE: Comédia sobre os dilemas tragicômicos enfrentados por quatro mulheres em diferentes fases da vida: Leandra (Maria Casadevall) está na crise dos 30. Solteira, não aguenta mais a intensa vida noturna; sua irmã, Sônia (Monica Iozzi), é o oposto. Casada e com dois filhos, sonha com uma noite de curtição; Já Marinati (Alessandra Negrini) é uma advogada workaholic que se apaixona justo quando sua carreira está deslanchando. E Keka (Deborah Secco), está ansiosa com a viagem que programou para salvar seu casamento.
ELENCO:
Deborah Secco como Keka
Alessandra Negrini como Marinati
Monica Iozzi como Sônia
Maria Casadevall como Leandra
Sergio Guizé como Dudu
Daniel Boaventura como Cristian


EQUIPE
Direção: Luis Pinheiro         
Produção: Andrea Barata Ribeiro, Bel Berlinck
Produtor Associado: Fernando Meirelles
Produção Executiva: Bel Berlinck
Roteiro: Caco Galhardo
Direção de Fotografia: Will Etchbehere
Direção de Arte: Guta Carvalho
Produção de Elenco: Diana Galantini
Montagem: Ricardo Gonçalves, AMC
Música: Fábio Góes
Figurino: Verônica Julian
Maquiagem: André Anastácio
Produção: O2 Filmes
Coprodução: Globo Filmes e Telecine

Distribuição: Paris Filmes e Downtown Filmes
Informações para a imprensa:Primeiro Plano.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

“ALÉM DO HOMEM”.

“Além do Homem”🎦🎥
 de Willy Biondani
Estreia 28 de junho nos cinemas.
Hoje foi o dia de conferir a cabine e a coletiva do filme "Além do Homem". O filme é estrelado por Sérgio Guizé, Débora Nascimento e grande elenco e conta uma aventura fantástica, original e cheia de mistério e suspense.
SINOPSE:
O escritor brasileiro Alberto Luppo (Sergio Guizé) mora em Paris há anos e não deseja retornar ao país de origem. Mas quando um antropólogo francês desaparece no interior do Brasil, Alberto é obrigado a retornar à terra natal para transformar a história em livro. No entanto, durante a viagem, entre medo e encantamento, se entrega ao destino. Guiado por Bethânia (Débora Nascimento), descobre em tudo o que desprezava, a beleza de sua própria identidade.
ELENCO: 
Sergio Guizé / Alberto
Débora Nascimento / Bethânia
Fabrício Boliveira/ Tião
Flávia Garrafa / Rosalinda
Marilyne Fontaine / Nathalie
Stéphan Wojtowicz / Pierre
Giselle Motta / Diva
Maurício de Barros / Josué
Participações especiais: Pierre Richard, Otávio Augusto, Jai Baptista.
FICHA TÉCNICA:
Direção: Willy Biondani
Argumento: Willy Biondani
Roteiro: Eliseo Altunaga, Daniel Tavares e Willy Biondani
Produção: Denise Gomes e Paula Cosenza
Produção Executiva: Lili Bandeira
Fotografia: Olivier Cocaul
Direção de Arte: Sidney Biondani
Figurino: Marjorie Gueller
Produção de elenco: Luciano Baldan
Som Direto: Luciano Raposo
Montagem: Isabelle Rathery e Umberto Martins
Edição de Músicas: Diana Vasconcellos
Edição de Som: Daniel Sasso, Fábio Gonçalves, Fernando Werneck, Gustavo Vasconcelos
Mixagem: Toco Cerqueira
Trilha Sonora Original: Egberto Gismonti
Produção: Bossa Nova Films
Coprodução: Telecine
Distribuição: Imagem Filmes
Patrocínio: CPFL/SABESP
Apoio: Instituto CPFL, MACT PRODUCTIONS, LOC ALL
Assessoria de Imprensa: Primeiro Plano.
São Paulo.

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Motorrad.

Motorrad (A Trilha Da Morte).
De Vicente Amorim
Estreia 1º de março nos cinemas!  
Hoje foi a coletiva de imprensa do filme Motorrad e contou com a presença do diretor Vicente Amorim, o quadrinista Danilo Beyruth, o produtor LG Tubaldini Jr. e Carla Salle.

O filme é baseado nos quadrinhos de Danilo Beyruth.
SINOPSE: O jovem Hugo está determinado a ser parte da turma de motocross do irmão mais velho. Ele rouba peças para sua moto e alcança o grupo numa cachoeira remota. Cheios de adrenalina, eles sobem a serra por uma trilha que é interrompida por um antigo muro. Hugo se dá conta que eles podem desmontar o muro, pedra por pedra, e abre uma passagem que os leva a um encontro inesperado com a dona do ferro-velho de onde Hugo roubou as peças. Ela os convida para fazer uma trilha ainda mais eletrizante. Nessa trilha, a diversão fica para trás e eles passam a ser caçados por um grupo de motoqueiros sádicos e sobrenaturais.
ELENCO
Guilherme Prates : Hugo 
Carla Salle : Paula 
Emilio Dantas : Ricardo 
Juliana Lohmann : Bia 
Pablo Sanábio : Tomás 
Rodrigo Vidigal : Rafa 
Alex Nader : Maurício 
Jayme Del Cueto: O Homem Velho

FICHA TÉCNICA
Direção: Vicente Amorim
Produção: LG Tubaldini Jr e André Skaf
Roteiro: L.G. Bayão
Baseado nos personagens criados por Danilo Beyruth
Direção de Fotografia: Gustavo Hadba
Direção de Arte: Tiago Marques
Figurinos: Cristina Kangussu
Música: Lucas Marcier e Fabiano KriegerMontagem: Lucas Gonzaga  
ASSESSORIA DE IMPRENSA: Primeiro Plano.
Motorrad foi o único filme brasileiro que participou  do Festival de Cinema de Toronto (2017) e sua história é repleta de adrenalina, cenas incríveis de motociclismo, suspense e muito terror. Esse é um filme que vale a pena ver na tela do cinema.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

"Peixonauta – O Filme"

"Peixonauta – O Filme"
Animação brasileira estreia dia 25 de janeiro nos cinemas.
Sinopse: Quando o Doutor Jardim não retorna da cidade, Peixonauta, Marina e Zico partem para resgatá-lo. Mas quando chegam lá, algo muito estranho está acontecendo: todos na cidade sumiram! Para conseguir solucionar esse grande mistério, Peixonauta terá que contar com a ajuda de todos seus amigos e viver sua maior aventura...pela primeira vez, na cidade grande!
Além de ver os personagens do desenho em 3D pela primeira vez, o público vai conhecer as instalações subaquáticas da O.S.T.R.A. Os cenários do filme são pontos turísticos de São Paulo como o MASP (Museu de Arte de São Paulo) e o Planetário do Parque do Ibirapuera.
Curiosidade: O filme é um desdobramento da série de TV de 104 episódios de 11 minutos, uma produção da TV PinGuim em associação com o canal Discovery Kids, lançada em 2009. Peixonauta é um sucesso mundial, exibido em mais de 90 países.
FICHA TÉCNICA
Produção: TV PinGuim
Direção: Célia Catunda, Kiko Mistrorigo e Rodrigo Eba!
Roteiro: Marcela Catunda e Marcus Aurelius Pimenta
Produção Executiva: Ricardo Rozzino
Design: Daniel Oliveira, Fabiana Shizue, Jean Setton, Rafael Lucino, Jonatas Tobias, Ricardo Sasaki, Anderson Sanchez
Animação: Vagner Farias
Supervisão de Pós-Produção: Cristhiane Vasconcellos
Canções originais: Paulo Tatit, Titãs, Zezinho Mutarelli
Som: Pedro Lima
Edição: Renan Ashikawa
Vozes: Peixonauta – Fabio Lucindo, Marina – Fernanda Bullar, Zico – Celso Alves
Distribuição: RioFilme
Assessoria de Imprensa: Primeiro Plano

Informações retiradas do release para imprensa.