♥ Seguidores♥

Mostrando postagens com marcador #conteudoteatral. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #conteudoteatral. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 9 de março de 2017

O Empréstimo.

O Empréstimo.
Uma comédia de Jordi Galceran.
Direção e tradução de Isser Korik.
O Empréstimo(el credito) faz sucesso por onde passa e já pode ser considerada uma das peças de Galceran com maior número de montagens. Já foi montada na Espanha, Hungria, Itália, Alemanha, Grécia, Turquia, Bulgária, Estônia, Suíça, Polônia, Romênia, Finlândia, Peru. Chile, Costa Rica, Venezuela, Colômbia, Porto Rico, Argentina , Uruguai, México e Estados Unidos.
Esta peça é a mais recente obra de teatro escrita pelo autor, editada por Ediciones Antígona, e lhe rendeu o primeiro toro de Dramaturgia Catalana.
Segundo o autor, "No nosso mundo civilizado, quando você precisa de dinheiro você vai ao banco pedir um empréstimo. Se não o concedem, você dá meia volta e vai para casa, cabisbaixo, pensando que as coisas vão mal, que o crédito não flui, que a crise...ou não.
Hoje, talvez não. Talvez hoje, quando você tem o crédito negado, não volte para casa com o rabo entre as pernas. Talvez você olhe o gerente nos olhos, coloque as cartas na mesa e diga que é você que tem alguma coisa no bolso do colete, e que se ele não lhe der o dinheiro você vai agir, nada violento, meu deus, não! Mas hoje, se o gerente noa libera a grana, talvez você transforme a vida dele numa verdadeira catástrofe."
Informações retiradas do programa da peça.
Leonardo Miggiori (o cliente) e André Mattos (o gerente).
Teatro Folha.

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Nove em Ponto.

Nove em Ponto.
(Rui Vilhena).
Na trama, dois casais têm um encontro marcado para as nove da noite na casa de um deles. A história é contada a partir de três versões diferentes: o casal convidado chegando 15 minutos antes, o casal chegando no horário marcado, o casal chegando 15 minutos atrasado.
Heloísa, personagem de Bianca Rinaldi, é a diretora de uma revista feminina e alvo de constante desconfiança de seu marido, o piloto de aviões Diogo, interpretado por Leonardo Vieira.
Alex Gruli faz Henrique Bonaparte, amigo de Heloísa e ator em ascensão que se prepara para trabalhar numa novela. Carol Bezerra interpreta a misteriosa Alice, professora e esposa de Henrique.
Diogo é maníaco por pontualidade e esse fato influencia o seu humor diante da variação de horários em que todos os personagens se encontram.  
 O texto remete à Teoria do Caos e ao Efeito Borboleta.
Elenco:Bianca Rinaldi, Leonardo Vieira,Alex Gruli e Carol Bezerra. 
Teatro Folha.
Sessões quartas e quintas-feiras às 21h.