♥ Seguidores♥

Mostrando postagens com marcador #teatroportoseguro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #teatroportoseguro. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 14 de junho de 2018

A Bruxa Morgana Contra O Infalível Senhor Do Tempo.

 A Bruxa Morgana Contra O Infalível Senhor Do Tempo.
Texto:Edel Holz.
Direção: Suzan Damasceno.
Quem estava com saudades do Castelo Rá-Tim-Bum, tem a oportunidade de rever uma das principais personagens da série em uma nova aventura. A Bruxa Morgana voltou para animar crianças e adultos.
A bruxa Morgana é uma personagem icônica que habita o imaginário de várias gerações desde sua criação no premiado programa da TV Cultura Castelo Rá-Tim-Bum. Essa personagem fantástica que nos remete a voz materna, que nos hipnotiza e nos faz resgatar o instante mágico antes que o sono nos tome. Instante em que sonho e a realidade se misturam, embalados pelo encantamento que nos proteja em aventuras inimagináveis onde tudo é possível, onde travamos batalhas loucas com monstros e dragões e nos tornamos magos, heróis, príncipes e princesas, sol, lua e o mundo inteiro. Ah...a voz maternal que nos conta histórias infinitas e nos conduz a tantos lugares está agora aqui para nos envolver em uma nova viagem mágica de celebração do seu aniversário. 
Queridas crianças, que bom estar com vocês, volto para curtir uma nova história super emocionante da minha querida amiga Edel Holz.
Nesta saga, "A Bruxa Morgana Contra O Infalível Senhor Do Tempo", terei que enfrentar  Khronus e sua soberba. Acompanhada de minha madrinha Tia Malu e meus sobrinhos Lucrécia e Lourival a aventura começa. Lourival quer parar o tempo, atravessar o portal e ser criança por um dia. Eu preciso saber o dia exato em que nasci para comemorar meu aniversário.
Tia Malu anda um pouco esquecida e troca os feitiços sem querer. 
Precisamos da ajuda de Khronus e, bem... não vou contar tudo, assista e curta conosco!
Mil beijos, beijinhos e beijocas na pontinha do seu nariz.
Bruxa Morgana.
Elenco: Rosi Campos, Tadeu di Pyetro, Suzan Damasceno, Pedro Brandi, Ana Guasque e Cleber Tolini(Stand-in).
Teatro Porto Seguro.
Sábados e Domingos às 15h
Até 29 de Julho.

Informações retiradas do programa do espetáculo.

quinta-feira, 17 de maio de 2018

O Leão No Inverno.


O Leão No Inverno.
Texto: James Goldman.
Dia 15 (terça-feira), foi o ensaio aberto da peça "O Leão No Inverno", que estreia no dia 18 de maio. O espetáculo tem uma ótima história que retrata sobretudo complôs, traições, conchavos, manipulação e a busca incessante pelo poder. Os personagens são complexos e os diálogos são fortes e intensos. Em "Leão no Inverno", a realeza usa de todos os meios para alcançar seus objetivos. 
Na meia-idade, mas ainda forte e poderoso, o Rei Henrique II mantém sua esposa, a lendária rainha Eleanor, de Aquitânia, confinada em uma torre, por alta traição. Nas festas de fim de ano, ele a solta e a convida para se juntar à família. Eleanor aproveita a oportunidade e começa a conspirar, pois quer influir na sucessão de Henrique.
Ela luta para que seu filho mais velho, Ricardo, o futuro “Coração de Leão”, seja o próximo rei. Henrique, por outro lado, prefere o filho caçula, que ficará, mais tarde, conhecido como João “Sem-Terra”.
Nem Henrique, nem Eleanor, se importam muito com o filho do meio, Geoffrey, que ora se alia a um irmão, ora a outro. Geoffrey está apenas interessado em obter as maiores vantagens, qualquer que seja o escolhido para ocupar o trono.
Elenco: Leopoldo Pacheco, Regina Duarte,Caio Paduan, Filipe Bragança,
Camila dos Anjos, Michel Waisman, Sidney Santiago Kuanza .
Teatro Porto Seguro.
Gênero: Drama 
Duração: 100 minutos
Classificação Etária: 12 anos 
Sextas e sábados, às 21h
Domingos, às 19h

sexta-feira, 16 de março de 2018

Eigengrau.

Eigengrau - No Escuro.
Eigengrau No Escuro é uma peça fantástica. Parabéns a todo o elenco por apresentar um espetáculo intenso e que trata de assuntos comportamentais da sociedade moderna sem pudores. Super recomendo.
Eingegrau ➡"A cor vista pelos olhos na completa escuridão". . .
Sinopse: Rosa acredita em tudo, do amor verdadeiro à numerologia. Ela aluga um quarto no pequeno apartamento de Carol, uma engajada ativista que luta contra a opressão da sociedade dominada pelos homens. Marcos aposta no poder do marketing - na vida pessoal e profissional. Ele, por sua vez, divide seu espaçoso imóvel com Tomás Gordo, que está vivendo um luto que parece não ter fim. Em uma cidade grande e massacrante, procurar pela pessoa certa e por um lugar no mundo pode levar esses quatro jovens a caminhos inesperados e, por vezes, sombrios.
Informações retiradas: Teatro Porto Seguro.
Elenco: Andrea dupré, Daniel Tavares, Renata Calmon e Tiago Real.
Teatro Porto Seguro.

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Senhora Dos Afogados.

Senhora Dos Afogados.
Texto: Nelson Rodrigues.
Direção: Jorge Farjalla.
“Pudor têm todas as mulheres da família”
Os Drummond, uma família de três séculos, com mulheres que se gabam da fidelidade conjugal, choram a morte por afogamento de Clarinha, uma das filhas de D. Eduarda e Misael, ao mesmo tempo, prostitutas do cais do porto interrompem suas atividades para lamentar a impunidade do assassinato de uma das suas que morrera há dezenove anos. O assassino é Misael Drummond, pai de Dora, Clarinha e Moema: ele matara a ‘mulher da vida’, com quem tivera um caso, pois ela insistia em experimentar o leito conjugal antes da esposa, no dia do seu casamento.
Dona Eduarda, esposa de Misael, e Moema, única filha mulher que restara, além do irmão, Paulo, se digladiam em torno da questão do pudor e da honra da mulher, hostilizando-se devido a um ódio primordial. Moema, que gostaria de viver sozinha com o pai, urde um plano de forma a fazer com que a mãe o traia com o próprio noivo, um ex-marinheiro.
Ligações incestuosas, obsessões, pulsões arcaicas, conflitos entre o lógico e o irracional, todas as amarras foram rompidas, os personagens se movem num tempo verdadeiramente mítico, do inconsciente. Senhora dos Afogados é uma peça que se aproxima das tragédias gregas, em que os clãs familiares se entredevoram num inferno de culpas desmedidas.
Informações retiradas: Senhora Dos Afogados.
Ingressos:Tudus.com.br
Elenco: Alexia Dechamps, João vitti, Karen Junqueira, Rafael Vitti, Letícia Birkheuer, Nadia Bambirra, Jaqueline Farias, Du Machado.
...Não conseguia me desligar do menino Nelson e do mar de sua infância em Pernambuco, isso foi o ponto de partida para contar essa tragédia brasileira embebida de tantas referências da tragédia grega: amor e morte é o que move o ser humano. Esse mar, dessa infância e daquele menino, me sugeriria levar para Pernambuco, para renascer das profundezas de um mangue pantanoso em plena cidade do Recife, ou dos seus arredores...
...Os personagens nascem no mangue, sujos, como a família Drumond. O sagrado e o profano caminham lado a lado: de um lado a casa da família e do outro o cais do porto...
Jorge Farjalla
Impossível assistir Senhora dos Afogados  e permanecer impassível.  A peça é chocante, intensa e apresenta uma história forte, perturbadora e repleta de temas polêmicos (incesto, traição, paixões doentias, assassinato, loucura,)... todos os elementos do universo Rodriguiano. O espetáculo é impactante do inicio ao fim, vale muito a pena ver pelo texto, pelo elenco, pelo cenário e principalmente pelo  desfecho surpreendente. 
Teatro Porto Seguro.

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Chopin Ou o Tormento Do Ideal.

Chopin Ou O Tormento Do Ideal.
Direção: José Possi Neto.
Chopin ou o tormento do ideal é um espetáculo delicadamente romântico consagrado a Chopin, que associa música e poesia, interpretado pela grandiosa atriz Nathalia Timberg e tocado por Clara Sverner, uma das maiores pianistas brasileiras, dirigidas pelo consagrado José Possi Neto. A montagem original teve sua estreia nos primeiros meses do ano de 1987, no Théâtre de la Gaîté-Montparnasse, em Paris. O Pianista Erik Berchot, vencedor (notavelmente) do prêmio Frédéric Chopin de Varsóvia (1980), uniu seus talentos aos do ator e autor Philippe Etesse para compor o belo espetáculo.
Partindo de recortes textuais da vida de Chopin, cartas de George Sand entrelaçadas com declarações e poemas de Musset, Liszt, Baudelaire, Gérard de Nerval e Saint-Pol-Roux, o espetáculo ilumina, neste encontro de música e palavras, vinte anos da vida e da obra do compositor, criando uma possível subjetividade acerca de sua biografia com a objetividade e a poética do seu contexto histórico.
Texto e música marcam os acontecimentos e apresentam uma personagem dividida entre um cotidiano vivido, às vezes, dolorosamente e um ideal inatingível.
Elenco: Nathalia Timberg e Piano ao vivo: Clara Sverner. 
Informações retiradas: Teatro Porto Seguro

Tive a sorte de prestigiar no Teatro Porto Seguro Chopin Ou o Tormento do Ideal e só posso dizer que é um espetáculo encantador, um verdadeiro show de sensibilidade e interpretação.

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

O Som e a Sílaba.

O Som e a Sílaba.
Direção: Miguel Falabella.
A Peça "O Som e a Sílaba" com Alessandra Maestrini e Mirna Rubim (Sarah e Leonor), é uma peça maravilhosa, um verdadeiro espetáculo. Saímos profundamente tocados e muito emocionados do teatro. O texto da peça tratado com um refinamento e de uma delicadeza tocante. A questão do autismo é mostrado com leveza e humor. Alessandra e Mirna estão magnificas e cantando com perfeição.
O Som e a Sílaba é sobretudo uma história de superação, amor e amizade!!!
O espetáculo conta a história de Sarah Leighton (Alessandra Maestrini), uma jovem com diagnóstico de autismo altamente funcional, com habilidades específicas em algumas áreas, entre elas a música.
Assistimos a uma das últimas apresentações  e que venha logo a próxima temporada.
Teatro Porto Seguro.

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Alessandra Maestrini.

Alessandra Maestrini
Drama ´N Jazz
Dia 31/08 Foi o dia de ver a diva Alessandra Maestrini, no espetáculo musical "Drama 'N Jazz”. Foi maravilhoso 🎶🎶🎶🎶 

"Drama 'N Jazz”, é um espetáculo musical que faz parte das comemorações dos 20 anos de carreira da atriz, cantora e compositora Alessandra Maestrini, que lançou CD homônimo com grande reconhecimento da crítica. Mais conhecida pelo público de TV como comediante, Alessandra é considerada pelos aficionados por musicais uma das maiores divas nacionais do gênero. No palco, música, poesia e interação despojada da estrela com o público.
O repertório passeia por clássicos de jazz, blues e dos musicais, além de composições autorais, parceria com Ana Carolina e até uma versão para o inglês, assinada por Maestrini, de "Eu Te Amo", já aprovada pelo próprio Chico Buarque e pela família Jobim. Outra surpresa do espetáculo é a ária "Mon Coeur S'Ouvré A Ta Voix" da ópera Sansão e Dalila, cantada em arranjo de bossa; uma das sugestões de Nelson Motta, que assina a curadoria de repertório.
Maestro João Carlos Coutinho assina a direção musical e lidera, ao piano, o quarteto de músicos renomados que acompanham a artista. A direção, que imprime um cenário transformado por ousadas projeções, é assinada pelo mundialmente premiado Gringo Cardia.
Informações retiradas:Teatro Porto Seguro