♥ Seguidores♥

Mostrando postagens com marcador #nathaliatimberg. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #nathaliatimberg. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Chopin Ou o Tormento Do Ideal.

Chopin Ou O Tormento Do Ideal.
Direção: José Possi Neto.
Chopin ou o tormento do ideal é um espetáculo delicadamente romântico consagrado a Chopin, que associa música e poesia, interpretado pela grandiosa atriz Nathalia Timberg e tocado por Clara Sverner, uma das maiores pianistas brasileiras, dirigidas pelo consagrado José Possi Neto. A montagem original teve sua estreia nos primeiros meses do ano de 1987, no Théâtre de la Gaîté-Montparnasse, em Paris. O Pianista Erik Berchot, vencedor (notavelmente) do prêmio Frédéric Chopin de Varsóvia (1980), uniu seus talentos aos do ator e autor Philippe Etesse para compor o belo espetáculo.
Partindo de recortes textuais da vida de Chopin, cartas de George Sand entrelaçadas com declarações e poemas de Musset, Liszt, Baudelaire, Gérard de Nerval e Saint-Pol-Roux, o espetáculo ilumina, neste encontro de música e palavras, vinte anos da vida e da obra do compositor, criando uma possível subjetividade acerca de sua biografia com a objetividade e a poética do seu contexto histórico.
Texto e música marcam os acontecimentos e apresentam uma personagem dividida entre um cotidiano vivido, às vezes, dolorosamente e um ideal inatingível.
Elenco: Nathalia Timberg e Piano ao vivo: Clara Sverner. 
Informações retiradas: Teatro Porto Seguro

Tive a sorte de prestigiar no Teatro Porto Seguro Chopin Ou o Tormento do Ideal e só posso dizer que é um espetáculo encantador, um verdadeiro show de sensibilidade e interpretação.

domingo, 27 de novembro de 2016

33 Variações de Beethoven.

33 Variações de Beethoven.
De Moysés Kauffman
33 Variações é o primeiro musical erudito a ser montado no Brasil. Escrito por Moisés Kaufman onde uma musicologa pesquisa a criação das 33 Variações de Ludwig Van Beethoven a partir de um curto tema para piano. Estreou na Broadway em março de 2009, estrelado por Jane Fonda e o Brasil em Janeiro de 2016 interpretado por Nathalia Timberg.

A peça examina simultaneamente o processo criativo por trás das Variações Diabelli de Beethoven
É a viagem de uma musicóloga, Katherine, para descobrir porquê Beethoven foi obrigado a escrever trinta e três variações distintas sobre um tema medíocre. A progressão da esclerose amiotrófica lateral de Kayherine e o relacionamento com sua filha também são temas, além de falar da crescente surdez de Beethoven - vivido por Wolf Maya.

A ação ocorre tanto na época de Beethoven quanto no presente, mudando aleatoriamente passado e presente, vagando entre os dois temas.

Informações retiradas do programa da peça 33 Variações de Beethoven.

Elenco: Nathalia Timberg, Wolf Maya, Lu Grimaldi, Flavia Pucci, André dias, Gustavo Engracia, Beto Schultz e Gil Coelho.
Teatro Nair Bello.